Conheça os perigos do excesso de açúcar para seu corpo e mente

Quem pensa que o excesso de açúcar faz mal apenas para os dentes e para a boa forma está muito enganado. O exagero no consumo de alimentos açucarados pode trazer inúmeros prejuízos para a saúde, tanto do corpo quanto da mente.

Com a correria do dia a dia e as tentações gastronômicas, estamos cada vez mais propensos à ingestão excessiva do açúcar. O problema é que esse hábito pode ser difícil de abandonar. Quer saber quais são os riscos de comer muito doce? Continue a leitura e confira!

Quais são os principais tipos de açúcares?

Nas prateleiras dos supermercados é possível encontrar uma variedade de açúcares. Mas na prática, nem sempre sabemos quais são as diferenças entre eles. A seguir, detalhamos os mais comuns.

Branco

É feito a partir do melado de cana-de-açúcar e passa por processos de refinamento até ficar branco e com sabor suave. É muito usado no preparo de doces, bolos, biscoitos, sucos e refrigerantes.

Mascavo

Também é produzido da mesma matéria-prima do branco, porém, não passa por refinamento. Isso mantém as suas propriedades, como vitaminas e minerais.

Demerara

O açúcar demerara é um intermediário entre o mascavo e o branco. Foi refinado, mas não a ponto de retirar todos os seus nutrientes. Por isso é ligeiramente dourado.

De coco

O açúcar de coco é extraído da seiva das flores da palma de coco. Ao contrário dos anteriores, tem baixo índice glicêmico e apresenta boas quantidades de vitaminas e minerais, sendo a melhor opção entre as apresentadas.

Frutose

É o açúcar natural das frutas. Quando consumido nesses vegetais, ele não faz mal. Porém, quando está em forma de adoçante pode causar problemas se ingerido em excesso.

Quais são os problemas causados pelo excesso de açúcar?

O excesso de açúcar é perigoso para a saúde, sendo frequentemente associado ao diabetes e à resistência à insulina. Porém, existem outros problemas que também surgem pelo consumo exagerado. São eles:

Obesidade e comorbidades

Os alimentos açucarados são muito calóricos, o que favorece acúmulo de gordura, principalmente a abdominal, e o aumento de peso. Consequentemente, esse processo acarreta outros problemas, como hipertensão, doenças cardiovasculares e diabetes.

Cáries

As cáries são erosões nos dentes causadas por bactérias que consomem o açúcar que fica na boca. A menos que a pessoa faça uma higienização completa após o consumo de alimentos com açúcar, as chances de apresentar esse problema são grandes.

Má condição da pele

O excesso de açúcar circulante no sangue faz com as proteínas da pele o integrem a sua estrutura. O resultado disso é uma cútis envelhecida e com rugas.

Articulações

Muito açúcar circulando no organismo é capaz de causar inflamações nos tecidos e agravar as já existentes. Dessa maneira, ele piora as dores das articulações, como artrite.

Depressão e ansiedade

O açúcar atua no cérebro liberando sensações de prazer e bem-estar. Por isso ele se torna tão viciante, e para algumas pessoas é quase impossível se controlar diante dele, o que pode desencadear depressão e ansiedade.

Como tem o mecanismo semelhante ao do vício, após a baixa do açúcar no organismo, esse indivíduo se sente deprimido, tal qual um dependente químico.

O excesso de açúcar traz diversos malefícios à saúde, sendo que alguns não são associados a ele. Por esse motivo é preciso controlar a ingestão do alimento, deixando para ocasiões especiais e optando pelas versões mais saudáveis, como o feito a partir do coco.

Quer ter mais qualidade de vida? Então, aproveite que está por aqui e leia o nosso artigo que mostra 7 passos para alcançá-la.

6,421 Comments